ESTAMOS
À ESPERA
casa das artes
2 anos 9 meses 3 semanas

SCF – direcção eleita com Hernâni Cardoso

Os sócios do SCFreamunde elegeram ontem a direcção do clube por mais dois anos e tiveram ocasião de ouvir do presidente reeleito algumas informações que marcaram a época finda e sobretudo serviram para preparar o novo mandato – uma tarefa difícil, sobretudo pelos impedimentos jurídicos que frequentemente se atravessam no caminho de quem a função de gerir os destinos do clube. O SCFreamunde tem o seu futuro nas mãos dos sócios contribuintes e tem urgentemente de encontrar rentabilidade da sua acção desportiva.

 

Assembleia Geral do Sport Clube Freamunde

No dia 18 de junho de 2021 na Casa da Cultura de Freamunde de Freamunde, ocorreu uma Assembleia Geral do Sport Clube Freamunde. A Assembleia Geral ocorreu com a seguinte ordem de trabalhos:

1-Leitura, discussão e aprovação da ata da Assembleia Geral anterior: leitura da ata da assembleia geral do dia 4 de junho de 2021, onde se procedeu à aprovação do relatório e contas e à apresentação dos requisitos para as listas potenciais candidatas à direção. Antes da aprovação da ata da Assembleia Geral Anterior, foi dada a palavra ao presidente que congratulou a mesa pela organização e apresentação da ata. De seguida, procedeu-se à aprovação da mesma que foi aprovada por maioria, com duas abstenções.

2-Eleição dos órgãos sociais para o biénio 2021/2023: apresentou-se apenas uma lista candidata aos três órgãos (assembleia geral, direção, conselho fiscal). Esta lista apresentou-se praticamente como uma recandidatura apenas com algumas mudanças na Assembleia Geral com a entrada de Arnaldo Batista Meireles e Pedro José da Costa Ribeiro. O presidente da Assembleia Geral ainda em funções até ao dia 30 de junho de 2021, Vítor Garcia disse que esta lista cumpria os requisitos dos estatutos apesar do grande número de vogais, denominando-a por lista 1. 

Procedeu-se à votação, sendo que segundo os estatutos existe a obrigatoriedade do voto secreto apesar de só haver uma lista única. A lista 1 presidida por Hernâni Cardoso com um voto nulo, um voto em branco e vinte e oito votos a favor foi eleita para o biénio 2021/2023. De seguida, foi aplaudida a direção e o conselho fiscal que se mantém em relação ao biénio anterior e a nova assembleia geral que entrará em funções brevemente.

3-Outros assuntos de interesse do clube: Foi relembrada pela mesa da Assembleia Geral um assunto da ata anterior, uma das propostas dos sócios que foi a criação de uma comissão para ajudar o Freamunde a níveis publicitários. A mesa questionou os sócios sobre a disponibilidade de integrar esta comissão, tendo esta caído por terra e a mesa da Assembleia Geral avançou para as inscrições onde houve a inscrição de quatro sócios. 

Dois sócios falaram sobre as suas abstenções na votação no primeiro ponto que se deve ao facto de não terem estado presentes na assembleia de 4 de junho de 2021. Os sócios congratularam o trabalho da direção, alguns deles constituintes da lista eleita para o próximo biénio prometeram muito trabalho e dedicação pelo clube. Foi pedido novamente apoio aos freamundenses e aos que gostam de Freamunde que apoiem o clube, sendo também realçada a atitude do clube e a sua grandeza nestes campeonatos, onde houve jogos em que os Capões mantiveram a postura perante algumas faltas de respeito e falta de fair-play.

Dada a palavra ao presidente Hernâni Cardoso, que criticou as antigas direções, congratulando os sócios presentes e todos os sócios pagantes. De seguida, teceu várias críticas entre elas: a política desportiva do concelho, os seus apoios para com o clube, a falta de evolução da cidade que influencia diretamente a evolução do clube e, também a desvalorização do clube a nível da concelhia; a organização do último jogo do Freamunde contra o Vila Meã em Amarante dizendo que devia ter estado mais alerta. Por fim, Hernâni avançou com vários elogios ao seu trabalho e projetos para o futuro: a criação de uma equipa B para servir de suporte à equipa A; diz que o Freamunde é um clube credível com esta direção e que coerência e objetividade são palavras de ordem no clube; reforçou a importância das parcerias dizendo que só com futebol é impossível sobreviver; Freamunde tem de ser diferente para melhor e, para isso, parcerias com clubes para recrutar jogadora para a formação poderá vir a ser algo a concretizar. Agradeceu o apoio dos presentes congratulou o trabalho do presidente da assembleia geral Vítor Garcia, pedindo de novo aos sócios atenção e preocupação com o clube.

Para terminar a Assembleia Geral, os elementos da mesa que não estarão em funções no próximo biénio dizem estar felizes por ter ajudado o clube e desejaram as maiores felicidades no futuro ao Freamunde pedindo desculpas por algum erro cometido, tendo terminado assim a Assembleia Geral.

Em suma, o Freamunde precisa de tudo e de todos. A direção irá continuar o seu trabalho ao longo do próximo biénio e a Rádio Freamunde deixa um apelo para que ajudem o clube da maneira que conseguirem. 

Texto: David Carvalho