SCF – Vitória difícil no último minuto

No primeiro jogo de 2021, o Freamunde deslocou-se ao terreno do Barrosas vencendo por 4-3, num jogo a contar para a jornada 14 da divisão de elite pro-nacional da AF Porto. 

Constituição das equipas (da direita para a esquerda):

SC FREAMUNDE (4-3-3)

99-Diogo Santos; 

22-Henrique [G-49’], 14-Moca [A-72’; G-90+7’], 19-Moreira [A-55’], 27-Paulo Monteiro (C) [G-90+5’] 

31-Pedro Alves [S-72’], 6-Vaqueiro [A-65’; S-85’], 10-Diogo Martins [A-73’; S-70’]

17-Marco André [G-21’], 9-Migas [S-85’], 11-Gúzman [A-58’; S-85’]

2 alterações no onze freamundense (23-Beirão por 9-Migas)

Banco de suplentes:

48-Miranda

3-Xandão [E-85’]

4-Xicão

5-Luís Cunha [E-85’]

7-João Sousa [E-85’]

16-Castro 

23-Beirão [E-70’]

Treinador: Jorge Nogueira

BARROSAS (4-2-3-1)

12-André [A-85’]

19-Tété, 2-Rui Alves, 5-Carlão, 27-Tiaguinho

3-Perry [G-66’], 36-Agostinho [A-34’]

8-Seixas, 18-Carlos Leal [S-59’], 17-Korta [G-3’; A-77’, S-87’]

9-Carlos [G-57’; S-87’]

1 alteração no onze do Barrosas (entrada de 18-Carlos Leal por 36-Vítor Mendes)

Banco de suplentes:

1-Jorge Silva

4-Caldeira

10-Rui Pedro [E-87’]

14-Davide Bessa [E-87’]

21-Igor

36-Vítor Mendes

77-Rui Miguel [E-59’]

Treinador: Tonanha

Jogo:

1ªparte

Freamunde com mais uma má entrada no jogo, algo que tem acontecido muito nos jogos fora. Domínio total do Barrosas que se adiantou na partida com um golo de Korta no terceiro minuto de jogo. Freamunde não conseguia sair a jogar, equipa apática e só nas bolas paradas conseguia criar perigo, tendo chegado ao golo da igualdade no vigésimo primeiro minuto de jogo por Marco André. Até ao intervalo um jogo muito disputado a meio campo sem grandes lances de destaque.

Intervalo: (Korta 3’) Barrosas 1-1 Freamunde (Marco André 21’)  

2ªparte

Freamunde com uma entrada forte e chegou ao golo da vantagem por Henrique no minuto 49. Barrosas a tentar reagir, um Freamunde a cair na toada da primeira parte e o Barrosas operou a reviravolta com golos de Carlos e Perry este último de grande penalidade. Freamunde que ia tentando reagir mas mudou completamente com as substituições ao minuto 85. Freamunde apostou num jogo mais direito e conseguiu a reviravolta no tempo de compensação, com golos de Paulo Monteiro de grande penalidade e de Moca ao cair do pano.

Final do jogo: (Carlos 57’, Perry 66’ GP) Barrosas 3-4 Freamunde (Henrique 49’, Paulo Monteiro 90+5’ GP, Moca 90+7’) 

Uma vitória na raça do Freamunde em mais um jogo dificílimo fora de casa com uma equipa do Barrosas muito arrojada e que fez um grande jogo. Resta agradecer a todos aqueles que participaram na transmissão da partida restem seguros e com saúde.

Texto David Carvalho

Seja Assinante

Promovemos Freamunde em todo o mundo. ASSINE aqui e, por 25 euros ano, tenha acesso a todos os conteúdos sem limite.

Não excluímos ninguém. Se não pode pagar o valor acima indicado, visite-nos ao sábado entre as 10 e as 12h00, na Rua do Comércio 125, em Freamunde, para encontramos uma solução.