Comboio no Vale do Sousa prevê estações em Paços e Freamunde

Uma linha de comboio a ligar Valongo a Felgueiras continua a ser uma reivindicação da comunidade intermunicipal do Vale do Sousa, onde se encontra o nosso concelho. Na sua edição de hoje o jornal Público publicou informações sobre esta aposta que aqui reproduzimos com o devido agradecimento.

Mais do que um simples ramal de Valongo a Felgueiras, ao longo do Vale do Sousa, a comunidade de municípios desta região quer que a nova linha continue até Amarante e daí até à Livração (concelho de Marco de Canaveses), entroncando novamente na Linha do Douro. Uma linha circular que responderia não só às deslocações pendulares entre a região e o Porto, mas também à mobilidade interna de uma região em franco crescimento económico – divulgou hoje o Público através da publicação de um estudo encomendado pela CIM do Tâmega e Sousa à empresa Trenmo – Engenharia SA,

Trata-se de um investimento – avaliado em 290 milhões de euros – a realizar  em duas fases: primeiro de Valongo a Felgueiras (181 milhões) e depois até Amarante (109 milhões).

Por outro lado, estes dois concelhos geram um número de empregos superior à população residente empregada, originando dificuldades na contratação de mão-de-obra qualificada, pelo que a via-férrea permitiria um “movimento pendular razoável para uma regularidade diária” para quem viesse trabalhar na região – referiu o Público.

 

Seja Assinante

Promovemos Freamunde em todo o mundo. ASSINE aqui e, por 25 euros ano, tenha acesso a todos os conteúdos sem limite.

Não excluímos ninguém. Se não pode pagar o valor acima indicado, visite-nos ao sábado entre as 10 e as 12h00, na Rua do Comércio 125, em Freamunde, para encontramos uma solução.