O perfil certo para missão muito difícil

A Obra Diocesana de Promoção Social tem a partir de hoje um novo presidente por escolha do Bispo do Porto. Trata-se do padre Manuel Luís Leão Pacheco de Brito, natural da Carvalhosa, concelho de Paços de Ferreira, actual pároco de Freamunde.

Reconhecidamente, a ODPS é uma das mais nobres instituições da cidade. Sendo o Porto uma das cidades europeias com maior população em bairros sociais (cerca de 20%), simultaneamente, é uma das cidades em que se acalenta melhor harmonização social.

Criada num momento de alta tensão política entre a diocese e o governo de Lisboa, a obra nasceu em pleno exílio de Dom António Ferreira Gomes, sendo lançada por Dom Florentino e Silva. Hoje constitui uma solução de integração social no concelho portuense, não sendo possível imaginar o que seria esta cidade sem ela.

A difícil tarefa do padre Manuel Brito

O novo presidente da ODPS tem pela frente uma tarefa gigantesca, dada a dimensão institucional e sobretudo os desafios sociais que esta instituição enfrenta nos bairros da cidade. Também enfrenta um histórico de gestão que exige decisões difíceis. Mas tem o perfil certo para a dimensão do desafio.

Recorde-se que, antes desta nomeação, o bispo Manuel Linda também reformulou os serviços da cúria diocesana tendo escolhido para ecónomo da diocese o padre Samuel Guedes (ex-pároco de Ferreira, Frazão e Arreigada).

A Rádio Freamunde deseja ao padre Manuel Brito o maior sucesso nesta difícil missão.

Seja Assinante

Promovemos Freamunde em todo o mundo. ASSINE aqui e, por 25 euros ano, tenha acesso a todos os conteúdos sem limite.

Não excluímos ninguém. Se não pode pagar o valor acima indicado, visite-nos ao sábado entre as 10 e as 12h00, na Rua do Comércio 125, em Freamunde, para encontramos uma solução.