ESTAMOS
À ESPERA
casa das artes
2 anos 9 meses 3 semanas 4 dias

Iniciativa Liberal – João Carneiro eleito coordenador

A Iniciativa Liberal – Paços de Ferreira elegeu, no passado sábado, a sua primeira
coordenação no Plenário Fundador realizado na cidade de Paços de Ferreira. A eleição do
economista João Carneiro de 28 anos, como coordenador da concelhia pacense, é
resultado do trabalho iniciado em fevereiro e que tem, por principal objetivo, a criação de
uma alternativa política liberal, com a qual os pacenses se possam identificar.

A oficialização do núcleo reafirma a vontade dos seus membros fundadores de
lutar por um melhor concelho para todos nós. Um concelho, que curiosamente, nasce da
reforma administrativa de 1836, levada a cabo pelos liberais.

Nas suas primeiras palavras como coordenador do núcleo, João Carneiro afirmou
que este ato marca o “início de um novo de compromisso com as gentes de Paços de
Ferreira, marcado por uma nova abordagem política: uma abordagem pragmática,
sustentada, consciente, aberta ao diálogo e a opiniões divergentes.”

O dirigente abre as portas a todos os pacenses que queiram construir um concelho
mais liberal e garante que a IL Paços de Ferreira, “será uma alternativa política fiável e que
se demarca da demagogia e populismo, cada vez mais presentes na política concelhia”.

Apesar de só agora o seu núcleo ter sido oficializado, a Iniciativa Liberal tem já
trabalhado em alguns dossiers do interesse da população nos últimos meses. Não caindo
na simples critica, a concelhia tem apresentado soluções para os problemas e procurado
respostas para as questões menos claras.

A concelhia da IL tem pugnado pela transparência na atuação dos órgãos que
gerem o concelho (nomeadamente a CMPF e a Assembleia Municipal), mas o executivo
parece bastante relutante a tornar publico o debate, as decisões e alguns documentos que,
por lei, deveriam ser de conhecimento público.

João Carneiro relembra que este executivo ignora “as decisões da Assembleia
Municipal, como por exemplo, aquela que determinou a resolução para a extinção da
Gespaços, votada em assembleia em 2017”. Os pacenses não podem continuar a confiar
num executivo que tem em mãos, desde há 8 anos, um dos maiores desastres ambientais
da região, na ETAR de Arreigada, e que tarda em resolver.

Numa conta que é claramente negativa para os pacenses, somam-se ainda a
incapacidade para captação de investimento privado; obras que só surgem em tempos de
eleições e que, por se realizarem todas ao mesmo tempo, complicam a vida de habitantes
e comerciantes das zonas mais urbanas do concelho; o incumprimento para com as Águas
de Paços de Ferreira que fez os preços subirem novamente; etc.
Por não se rever nesta política que maquilha a realidade e que se esconde no
passado para não apresentar soluções no presente, a Iniciativa Liberal apresenta-se aos
pacenses como novas ideias e uma nova maneira de estar na política.

Da esquerda para a Direita – Paulo Gomes; Rui Abreu; João Carneiro; Ricardo Andrade; Vitor Ribeiro; Gonçalo
Cavaleiro

Texto – Iniciativa Liberal – Paços de Ferreira