PSD – cultura como marca de um concelho moderno

Alexandre Costa – candidato do PSD à Câmara Municipal – reuniu esta manhã em Freamunde com associações culturais e anunciou como necessário dobrar o orçamento actualmente em vigor, caso seja eleito em Setembro.

Considerando que a cultura “não pode ser o parente pobre”  de “escasso investimento e desproporcionado” (se comparado com o orçamento para o futebol) referiu “ser preciso arriscar” mais no sector envolvendo as associações e criando eventos que sirvam os residentes e atraiam visitantes ao concelho.

Entendendo que deve ser “criado um conselho municipal da cultura, gerido por um gabinete a ele dedicado”, o candidato justificou a necessidade de Freamunde ser dotado de uma Casa das Artes – respondendo assim ao anseio (antigo) da cidade – ao “serviço do concelho e da região”.

O investimento na marca (municipal) “Capital do Móvel”  foi também apresentado como uma necessidade, de modo a favorecer todas as dimensões comerciais e industrias que a marca pode promover.

Seja Assinante

Promovemos Freamunde em todo o mundo. ASSINE aqui e, por 25 euros ano, tenha acesso a todos os conteúdos sem limite.

Não excluímos ninguém. Se não pode pagar o valor acima indicado, visite-nos ao sábado entre as 10 e as 12h00, na Rua do Comércio 125, em Freamunde, para encontramos uma solução.