ESTAMOS
À ESPERA
casa das artes
2 anos 9 meses 3 semanas

A banda de Freamunde em São Paio de Antas

S. Paio de Antas situa-se no extremo norte do concelho de Esposende, fazendo fronteira, através do rio Neiva, com a freguesia de Castelo de Neiva e com o concelho e distrito de Viana do Castelo. A nascente faz fronteira com Forjães, a poente com o Oceano Atlântico e a sul com Belinho e Vila Chã. Está no coração do Minho e celebra duas festas, a de São Paio (padroeiro) e da Senhora das Vitórias.

Duas bandas no dia de sábado, na tarde  e noite – um desafio pleno da natureza musical, imperdível para os amantes deste tipo de sinfonia – faz bem à alma e é um consolo sobretudo para quem é grato ao tempo que lhe cabe viver,

A Banda de São Paio de Antas

Os minhotos são densos e solenes, até exuberantes nas cores. Como eles esta banda surpreende pela alegria que dedica à sua execução – sempre colorida – tocando entre dois sabores; manifesta movimentos serenos que nos lembram a leveza do vinho Alvarinho; e dá mostra de densidade festiva como encontramos ao saborear o pão de milho feito. No Minho é assim. E quem ali vai precisa de ir preparado – coisa que pertencia à Banda de Freamunde.

A Banda de Freamunde

A nossa banda, quando entra em palco manifesta uma confiança que lhe dá o controlo da pauta do primeiro ao último acorde. Se fosse uma equipa de futebol diríamos que joga com a noção do tempo. E termina a execução de cada peça com uma classe quase aristrocática. É um desafio para quem a ouve, a quem pede atenção e sensibilidade para acompanhar a sua execução. Não explorando a emoção fácil dos ouvintes oferece um reportório que inebria a alma.

BANDA de ANTAS

Excerto (final) de 1812:

Homenagem a Zeca Grande:

 

BANDA de FREAMUNDE

Ares de Espanha;

Tannhauser:

Juízo Final:

La Gazza Ladra:

Uma Noite em Granada:

 Ir a São Paio de Antas e visitar a igreja Matriz

Entre pelo pórtico central, ao lado do cemitério, e veja o conjunto arquitetónico que este povo edificou ao longo do tempo. Do portão, ao cruzeiro, alinhado com a mesa do altar que vai ver quando entrar no lugar sagrado. Imponente e e majestoso. Ora veja:

      

Cenas de uma tarde de muita Música

As bandas são muito importantes nas festas: dão-lhe imponência e estética a lembrar-nos que estamos ali por um motivo sagrado – a lembrança do santo lembrado. E atraiem gente sabedora da vida, disponível para acolher no seu íntimo sons que lhe agradam. Às festas acorrem os senadores de cada terra, para ali se reverem, trocarem duas de conversa para evitar a surpresa do tempo.

Os ferrinhos da banda – não faltam e ouvem com amor

Cenas laterais

Chegamos a São Paio de Antas, pelas 13h30. Ver o terreno, programar as filmagens e perceber a gente que ia receber a nossa banda. Uma feijoada – custava seis, pagamos dez – servida pela comissão de festas aliviou o corpo. A visita à igreja encantou-nos. Haja saúde e queira Deus, havemos de voltar a esta terra da Ribeira do Neiva para ouvir as bandas que ali nos dizem que vale a pena celebrar e viver a vida.

 

_____________radiofreamunde.pt______________________________________________________________________________________________________