ESTAMOS
À ESPERA
casa das artes
2 anos 10 meses 1 dia

Adeus a João Correia – ficámos com o Joaozinho Venturinha

 João Correia, para muitos, o nosso “Joãozinho do Venturinha”, após alguns anos de prolongada doença, baixou hoje à terra, um mês após completar 87 anos.

“Venturinha” era o seu pai, comerciante, há muitas décadas na Rua Professor Albino de Matos. O “Joãozinho” viria a ficar com o negócio e a casa de família. Um comerciante que gostava de conversar com os seus clientes e amigos. Um homem com uma excelente memória que gostava de partilhar as raridades de que tinha conhecimento, sobretudo da sua querida terra, Freamunde. Um homem apaixonado pela história, pelas tradições.

É um homem com um contributo muito importante para Freamunde, sobretudo em 1954, pois houve um período em que não era possível realizar as Festas ao Mártir S. Sebastião, na altura designadas como Festas da Vila. É a homens como o “Joãozinho do Venturinha”, Orlando Barros, Anselmo Marques, Hermínio Pinto e Joaquim Ribeiro, que hoje devemos a retoma daquilo que hoje conhecemos como as grandiosissímas festas Sebastianas.

Na década de 60 foi columbófilo na Sociedade Columbófila de Freamunde. Para causa do associativismo deu também o seu contributo durante décadas ao GTF – Grupo Teatral Freamundense, nomeadamente como ponto. O Clube Recreativo Freamundense era a sua segunda casa, onde passava muito do seu tempo de lazer e convívio. Possuidor de várias coleções, participou nas exposições organizadas sempre no fim de semana da Páscoa pelo Grupo de Colecionadores deFreamunde, em meados dos anos 80.

Possuidor de uma enorme e rara coleção de música portuguesa, deliciou os ouvintes da extinta Rádio Inovasom em três programas que aí realizou, nomeadamente no programa “Música que fica no tempo que passa”. Sendo um apaixonado por tudo a que à história dizia respeito, encontrou na numismática eventualmente o seu maior amor.

Era conhecido por ter uma coleção de notas e moedas muito valorizada e reconhecida no meio numismático e nas publicações da área.

Por ser um profundo conhecedor da história e das gentes de Freamunde foi convidado a integrar a Comissão de Toponímia da nossa cidade. Foi membro do Júri do concurso de quadras “As Festas Sebastianas” que há alguns anos a Pedaços de Nós organiza por altura das nossas festas. O “Joãozinho do Venturinha”, foi um grande pedaço da sua terra. Freamunde ficou mais pobre. Desta vez, o céu… azul e branco, ficou a ganhar.

Pedro Ribeiro