ESTAMOS
À ESPERA
casa das artes
2 years 5 months 1 week 5 days

O que fazer em Dezembro?

Com dias mais pequenos mas com o mesmo trabalho a fazer se espera encontrar na terra aquilo que procura. Ora veja lá e não se esqueça de resguardar as plantas do gelo. Abrigue o gado da chuva e frio e acarinhe-o !

TAREFAS:

Na horta

Preparam-se talhões e canteiros para as culturas próprias da época e, também, para as da próxima Primavera.

A terra tem de ficar bem afogada e sem torrões, incorporando-se nessa altura o estrume, que convém não estar completamente curtido, no caso de se tratar de canteiros destinados às culturas de Primavera.

Semear: cebola, couves, nabiças, rabanetes, espinafres, agriões, alfaces, favas, ervilhas e cenouras.

Plantam-se: chicórias, couves diversas (nomeadamente repolho e couve-flor), estolhos de morangueiros, alhos e cebolas.

No pomar

Continua a plantação de fruteiras de caroço e inicia-se as de pevide.

Iniciam-se os tratamentos de Inverno, que continuam a ter o seu papel bem definido, não obstante a existência de insecticidas que podem usar-se na Primavera e que têm, por assim dizer, efeitos duplos.

Às laranjeiras que apresentam frutos já amarelos aplica-se calda cúprica a 2%.

No campo

Continuar as lavras, incorporação de estrumes e correctivos, e proceder a outras actividades relacionadas com a preparação das terras para as sementeiras da Primavera.

Semeiam-se os últimos trigos de Inverno.

No jardim

Prosseguir a preparação dos canteiros e continuar o fabrico de “composto”, iniciados no mês anterior.

Semear e/ou plantar: açucenas, anémonas, angélicas, begónias, camélias, ciclames, gladíolos, goivos, jacintos, lilases, lírios, tulipas, etc.

Aparam-se relvas e semeiam-se ou plantam-se as “calvas” que apresentam os relvados.

Na vinha

Continuar a podar nas vinhas já despidas de folhagem, reservando para enxertia ou mergulha as vides sãs e com produção mais regular.

Proceder à fertilização e meter mato nas entrelinhas das vinhas cansadas, de preferência polvilhado com gesso ou cal.

Na adega

Proceder à transfega para eliminar as borras.

Continuar o arejamento da adega e todos os outros cuidados enunciados no mês anterior.

Com os animais

Matança de porcos.

Manter a capoeira limpa, abrigada das correntes de ar e da humidade.

Proteger os bebedouros e provê-los de água morna nos dias mais frios.

Cuidar dos coelhos em lactação, fornecendo-lhe aveia e algumas verduras.

Efectuar a separação, consoante os sexos, dos láparos já desmamados.

Nos olivais

Prossiga a apanha da azeitona.

O varejamento das oliveiras é muito prejudicial ao arvoredo, mesmo quando se executa com os devidos cuidados. Enquanto não tiver melhor sistema, não deve varejar de fora para dentro, mas de dentro para fora.

Logo que concluída a colheita, lavre a 0,20-0,25 metros e incorpore os fertilizantes e correctivos, de preferência localizados.

Nas matas

Continue a sementeira da penisco, de preferência em linha, e o plantio de árvores, em especial nos locais não muito atreitos a geadas fortes.

Nos currais

Tenha cuidado com o estado das unhas dos ovinos para evitar a pieira. Dar banho às patas com uma solução de sulfato de cobre a 5%.

Nos apiários

Aproveite a ápoca de repouso para a preparação do terreno onde plantar árvores, arbustos e outras plantas melíferas, escolhendo as espécies que floresçam nas épocas de pólen na flora local.

 E LEMBRE-SE QUE:

Se neste mês se ouvirem os primeiros trovões, eles denotam próspera saúde, e bom ano!